Conceito de felicidade...

... com uma pitada de ironia:

Passar com este:

Por estes, "encalhados", na berma:



A felicidade está nas pequenas coisas, dizem...

19 comentários:

Gingerbread Girl disse...

Oh!
Nonesense. :p

Eu não trocava.

João Cacelas disse...

Fui e vim do Algarve (mais ou menos 450 km de distância de onde vivo) esta semana num Fiat Uno que tem uns 20 anos e tive a mesma sensação que tu. Vi um daqueles que tens na foto do meio e mais uns quantos novinhos em folha na berma da estrada à espera do reboque e o Uno ali, sem quebras. :)

GiGi disse...

Ahhh há diferenças! Embora eu fique meio enjoada dentro de um destes novíssimos, fechados a vácuo. Muito leves! ^^

Acredito que o conceito de felicidade é bastante individual e cada um adquire para si o que acha certo. Pois, as buscas são bastante variadas! :-)

Beijos

forteifeio disse...

Eu diria conceito de fiabilidade

Pronúncia disse...

Pois, mas o primeiro foi feito quando os carros deveriam durar uma vida e ainda para serem usados pelos herdeiros, enquanto que os novos devem ser trocados antes de fazerem uma década de vida... caso contrário as fábricas que os fabricam fecham, por falta de encomendas!

Sejas bem reaparecido... já tinha dado pela tua falta. Aqui e por lá pelo meu tasco! :)

johnny disse...

... Se bem que os outros deviam ir na descontra, sob o ar condicionado do ar-condicionado enquanto que o do Ford (presumo que sejas tu)ia a suar e a espremer cada cc do carro, não?

É uma questão de perspectiva, mas apesar de partilhar em parte da opinião generalizada da defesa do que é antigo, não dispenso o conforto e mais-valias do que é novo.

13 disse...

Ginger,

olha que é desconfortável :)

13 disse...

João,

antiques rule! :D (mas já não está na minha posse...)

13 disse...

GiGi,

acho que neste ainda enjoarias mais e mais depressa :) Era uma avntura andar nele.

Bj.

13 disse...

forte,

pois :) Aquilo basicamente é um motor, uma caixa de mudanças e uns pedais. Não há cá electrónicas para ninguém!

13 disse...

Pronúncia,

é isso e é também a questão electrónica, que ainda não é muito fiável.

Vou reaparecendo, mas vai sendo aos poucos. Aconteceu uma coisa e será mais do mesmo... :s

13 disse...

Johnny,

naturalmente que não troco o conforto dos mais recentes pelo deste. Lá ia eu sempre entre os 80 e os 90, de janela aberta :D

mf disse...

Ui... E pores a cabeça de fora e gritares 'Precisa de ajuda? Posso levá-lo a algum lado?'

Eh eh

João Cacelas disse...

Tenho carros novos e o Fiat Uno, que já é velinho, mas tem outra piada fazer uma viagem grande num carro velho (e outro risco também), dá mais pica, mais adrenalina porque ao fim ao cabo, estás sempre a pensar quando é que ficas a pé ou algo do género. É diferente.

13 disse...

mf,

o desgraçado não tem ABS e já ia embalado, não deu tempo :)

13 disse...

João,

percebo o que dizes, embora não considere assim tão aventuroso ficar à espera de ver quando pára :) Mas sem dúvida que é diferente, sente-se mais a máquina :D

Andreia disse...

E que felicidade!!! *

13 disse...

Andreia,

sê bem-vinda :)

LBJ disse...

Devem de ter ficados roidos de inveja de te ter visto passar :D

Abraços