O Amor pelas ruas da amargura...

Há coisas que por mais que puxe pela massa cinzenta e por mais psicólogos com que debata isto nunca entenderei.
Ando aqui eu a elogiar as mulheres e afinal andam elas a deitar-se abaixo... Não seja por isso, tanto posso ir para um lado como para outro e ajudar ao bota-abaixo.

Então não é que um marido trai a mulher com outras (sim, plural) e no fim de contas as gajas é que são as put*s (olhó nível!)?
No fim de contas volta para a caminha para a menina cuidar do bebé grande dela...
Mas que raio se passa aqui?!

Este gajo é o meu herói! Só pode. Só faz merd* (ai o Português...) e ainda por cima fica bem visto?
A minha vontade é levantar-me e bater palmas até que as mãos me doam e em plenos pulmões soltar um valente "HURRA!!".


Já imagino as justificações para tais acontecimentos contra-vontade:
"Querida, durante o tempo todo só pensei em ti";
"Foi só sexo, não foi por amor.";
"Ela colou-me à parede com Super-cola 3 e nem me consegui mexer. Malandra!";
"Ia a andar e nem imaginas, escorreguei e caí em cima dela" (acontece muitas vezes);
"Ia na minha vida e a desgraçada escorregou e caiu-me em cima" (não acontece tanto como a de cima);
"Ela drogou-me"
"Ela usou aquele truque de apontar para trás de mim e eu, feito parvo, olhei e quando reparei já ela me estava a tratar da saúde..."

Há mais e se quiserem até podem participar na contenda, que já se faz tarde para mim, e de vez em quando há que trabalhar ao Sábado.
Feliz sexta-feita 13, hein...?

11 comentários:

Anónimo disse...

Que raio se passa aqui?! Diz bem!!!!
As mulheres estão a chegar a um estado calamitoso. E, confesso, que é pena.
Alé dessas, ainda há as que acrediam em ventos do sul, em estrelas cadentes e em sonhos de eternidade e comunhão de canções.
Ao que chega o desespero de uma mulher sózinha!!!!

Anónimo disse...

"Cheguei a casa. Deixo-te um beijo. Agora fecha a porta e descansa."

13 disse...

Anónimo,
(finalmente um anónimo cá no tasco que escreva em português).

Também não é necessário exagerar na reacção, até porque a ironia comigo funciona ao contrário, como se lê pelas "justificações" que lhe atribuí.
Mas é compreensivel parecer-lhe o contrário visto (presumo) não ter em conta tanto do que lá para trás está e porque na escrita é difícil detectar-se essa mesma ironia (mais a mais na minha).

Dou-lhe crédito em relação a alguém (não só as mulheres, porque os homens também o fazem, ainda que não se saiba tanto) estar só. É mau as pessoas sujeitarem-se aos maus tratos de outrém por não verem para lá dessa situação.

Ainda assim, seja bem-vindo(a) :)

PS: Acho que a tendência tem sido a de irem perdendo essa ilusão ao longo dos anos...

Cirrus disse...

Quem é mais infiel, o homem ou a mulher. Salvo no caso dos homossexuais, penso que deve estar ela por ela...

13 disse...

Cirrus,
pois isso não sei. TAlvez ande ou não ela por ela.
Se há quem aceite tais comportamentos é... O que quiser ser.

Pronúncia disse...

Pobre de quem tenta tapar o sol com uma peneira... seja homem ou mulher!

E é tão mais fácil culpar os outros pelo nosso próprio infortúnio... dá menos trabalho! É complicado pensar. E quem sabe, se pensarmos, chegamos a conclusões nada abonatórias no que a nós próprios diz respeito... que mais não seja, teremos que admitir que escolhemos a companhia errada e que fosmos enganados, porque nos deixamos enganar... :)

Irra, que testamento :)

LBJ disse...

Ora cá estou eu a dar uns passitos timidos e que queres que te diga, este é difícil de comentar neste estado em que estou que nem sou carne nem peixe, daqui a uns meses podemos voltar a falar do assunto...

Abraço

Moyle disse...

aquilo não foi nada do que pareceu...

13 disse...

Pronúncia,
eu já nem sei o que isso é (até acho que já vai para lá do receio de admitir uma má escolha - não querendo com isso afirmar que caminha para a demência). Daí por mais que puxe pela cabeça não entender (para além de haver coisas ainda piores que isso a juntar...).

13 disse...

LBJ,
estás sempre à vontade aqui, comoo bem sabes. Mesmo estando num caso de perfeita consciência é complicado, quanto mais assim :) Para quando esse regresso?

Abraço.

13 disse...

Moyle,
como é que não me lembrei dessa? Um clássico!