Antes continuar era só para dizer que uma das mulheres (esta com M maiúsculo) que leio - e conheço pessoalmente, a Maria (desculpa a "publicidade") - se tornou hoje Mestre. Ainda que fosse algo que sabia ser só uma questão de tempo, aqui ficam os meus mais sinceros parabéns!


Continuando...

O melhor da vida são os blogues de gajas. Não de gajas nuas, sr. Moyle. Embora não sendo maus blogues, por norma os responsáveis dos respectivos deixam a desejar à criatividade e isso, segundo confirmei, é sinal de seca (a seu tempo elucidarei acerca disto).

Antes de mais, não percebo a obsessão pelo o cor-de-rosa (tenho a minha teoria - parva, para variar - e também a essa lá irei), e não estou a generalizar assim tanto.
A cor de fundo ainda é compreensivel, já os atalhos (que estão por todo o lado) e títulos é por demais! Parece que os meus olhos estão a ser atacados por piranhas, tal é a violência com que são atingidos. Mas considerações coloridas à parte - até porque há gostos para tudo e todos - vamos directamente ao que interessa.

Descobrem-se coisas mais fantásticas aí, e o melhor disso é que têm comentários. Verdade!
Quais os mais enfadonhos e previsiveis é que é difícil dizer (talvez esteja aí uma das razões por que poucas autoras retribuem os ditos...). E sem dúvida os mais parciais também. E não me refiro aos "eu também acho" ou aos "tens toda a razão".

Fiquei portanto a saber (isto vai sair um tanto exagerado, propositadamente) que ser-se sensivel, atencioso, dedicado, que saber respeitar os sentimentos da pessoa que está connosco ou dar o que temos em prol dela é sinal de se ser "anhado", uma seca ou a minha preferida, um coninhas.
Fiquei a saber que quem reúne estas características, não só não tem vida própria como não tem (pasmem-se) sentido de humor. E amor-próprio creio que também não... Esta já uma achega minha.

Estas descobertas são fenomenais.
Na blogosfera sofre-se de amor... Mas ao menos não estão sós. Porque já todas passaram (ou hão-de passar) pelas mãos dos maiores "canalhas" (ou cafajestes, que o Acordo anda aí...).
E são esses que deixam a marca. São esses que as fazem suspirar, nas noites de Verão, em que contemplam a lua emaranhada em estrelas, lá no alto. "Se ao menos o Aidan me endoidecesse como o Big..." (esta vão ter de a procurar para perceber).

Estou a estereotipar um tanto as mulheres?
É possivel. Mas este não é um lugar de sabedoria iluminada nem de respostas concretas e irrefutáveis.
Devia era ser de veneração. Mas também não é. Infelizmente...


A continuar...
O melhor está para vir. Onde se perceberá a parte da parcialidade e, porque não?, falta de personalidade...

(Lembrança: nunca mais elevar a expectativa das pessoas...)


PS: Eu sei que isto mexe com questões de certa forma culturais. Gostamos é de desafios, já sei. Isto cheira-me é a vingança por anos e anos em que aparentemente não perceberam que nós nunca dominámos o mundo (lá estou a obrigar-me a escrever mais textos do que o previsto...).

8 comentários:

Moyle disse...

1 - "anhado"? ui, há quanto anos...
2 - piranhas a atacar olhos é soberbo, tipo as gaivotas do Hitchcok mas vários níveis mais à frente.
3 - sexo e a cidade? (ecletismo televisivo da minha parte)

não comento mais estruturadamente porque tal exigiria, obviamente, estrutura de raciocínio e, por outro lado, aposto que haverá picanços por aqui pelo deixarei esse papel a outro(a)s :)

Gingerbread Girl disse...

:D

Acompanhei tudo por causa do Capitão Microondas. Senão nem me tinha apercebido de tal questão.
Acho que devias de ir ao blog do Capitão e ler o que por lá foi dito.

Eu agora já estou atrasada para umas "cenas", mas depois volto.

Mas só uma pergunta, Noya...

Porque te andas a matar Noya? Porque voltas a esses sítios Noya? Oh Noya, Noya... partes-me o coração... :'(

Gingerbread Girl disse...

Linkei este teu post lá no blog. Hope u don't mind.

*

Cirrus disse...

Fiquei mais ou menos na mesma. Isto de falar de gajas rejeitadas e mal fod#$% não é comigo mesmo...

Noya disse...

Moyle,
há quantos anos o quê? Que és aquilo tudo ou que não usavas o termo?

Aqui não há gajas dessas para se sentirem picadas (e nem têm motivos para tal...) :)

Noya disse...

Ginger,
volto lá porque é lindo! Acho um piadão, que queres que te diga...? :)

Na boa!

Noya disse...

Cirrus,
:D
Tu és o maior! :)

Moyle disse...

que não ouvia o termo, claro:)