Vénus e Marte

(À terceira é de vez...)

Somos realmente diferentes. E ainda bem, senão a piada em conhecer e compreender (será que o conseguimos?) o sexo oposto seria - acho - nula ou muito reduzida.
As mulheres são efectivamente de Vénus e os homens de Marte.

É interessante constatar a forma como homens e mulheres apreendem um mesmo texto. Claro que a amostra é relativamente pequena, mas ainda assim é curioso reparar que as mulheres viram um texto fatalista e sério (e o mistério começa a desfazer-se, retrospectivamente falando...) enquanto que os homens foram mais no sentido pretendido para o texto.

Como disse, acredito que se os sexos não diferissem tanto, os contactos, as conquistas, as relações - todos estes na amizade ou no amor - não teriam metade da piada.
Seria como comer uma bola de Berlim sem açúcar, em casa sozinho, enquanto se vê o «As Tardes da Júlia».

Pessoalmente adoro a sua presença, as suas conversas, a forma de estarem, sem as quais já me é difícil estar. É também por isso que já não dispenso determinados "blogues de gajas"...
E certas "parvoíces" só fazem mesmo sentido com as mulheres.

Algo que tenho pena é não ter irmã. Mas pelo caminho lá me foram aparecendo para ficar, tanto na família como na amizade, quem foi capazes de ocupar esse "posto", não por carência mas sim por capacidade e personalidade para o efeito.

Quanto ao que penso em relação a vós, mulheres, é melhor não partilhar mais do que já fiz. Apenas sei que não sou o único a pensá-lo.
O MEC que o diga (creio até que houve um Sacana que também fez uma referência há uns tempos atrás - desculpa se estou a abusar...).
Ou vocês que o leiam...
Mais do que isto não posso. Já abri a cortina num dos anteriores textos. Até porque convém ser cada qual a percebê-lo.
Para o bem (acredito) ou para o mal...

PS: Espero não estar a comprar nenhuma guerra... ;)

32 comentários:

johnny disse...

já agora, para motivos de aprofundamento do tema, uma ligaçãozinha para o tal texto do Miguel se faz favor!

Gingerbread Girl disse...

Faz aí o que o Jonnhy está a pedir... assim não me entendo. :x

E claro que as diferenças é que têm piada... senão éramos todos gays! ("Not that there's anything wrong with it") =p

Btw... espero que não estejas a inserir o meu blog nos típicos blogs de gajas que há por aí!!

Mau, mau, mau, mau Treze...

Mau mau!

Quanto à tua opinião sobre as mulheres... podes ir partilhando. Nós aguentamos! =D


kiss*

GiGi disse...

Atualmente, as órbitas de ambos estão a se encontrar: homens cada vez mais pertecem a Vênus e as mulheres, cada vez mais a Marte.

Eheheheh

Beijos!

Gingerbread Girl disse...

GiGi... isso é tipo: "homens meio panisgas e mulheres brutas".

ah ah

Maria...ia disse...

Oh Treze...

Sabes o quanto gosto- e o quanto me esforço :) - para te compreender, mas desta é que já não compreendo nada :D!

Neurónios afectados, é certo...

;)

P.S.: Realmente, às vezes sinto-me de outro mundo ;)

João Cacelas disse...

Parece que continuas sem ser entendido pela ala feminina. :)
Bom, basicamente, nós - homens - somos autênticos "cães amestrados" das mulheres. Mesmo que pensemos que não, ou que através das nossas acções possamos achar que não, a verdade é que o somos. Elas conseguem tudo (ou quase) de nós, através desses tais "poderes" que já mencionaste. E tudo isso começa muito cedo, através da influência das nossas mães que vamos começando a respeitar e a admirar desde pequenos.
Desde pequeno que sempre vivi com mulheres. Fui criado por uma tia-avó e por duas primas desde os 3 anos. Quando sai de casa para ir estudar para o Porto, fiquei a morar com 3 raparigas. Posso afirmar que me dou melhor com mulheres do que com homens e que porventura as compreendo melhor do que aos homens (nem há muito para compreender em relação aos homens) e de facto, elas, as mulheres conseguem quase tudo de nós, como o teu texto e o vídeo reflectem.Era isso que querias demonstrar, certo? :)
Actualmente, no meu círculo de amigos directos, existe apenas um homem. Praticamente só me dou com mulheres e adoro-o. Mas isto não quer dizer que seja panisgas. vivo com uma mulher fantástica, mas isto não vos interessa nada. :)
Quanto às certas parvoíces que só fossem sentido com elas...concordo plenamente, embora também haja algumas que só fazem sentido com homens.
Desculpa lá a confusão de texto. :)

Treze disse...

Johnny,

está a ser preparado... Fica atento.

Treze disse...

Ginger,

é lá o teu um típico blogue de gajas! Então o último texto... :)

E que tirada a dos homens e mulheres... Só tu :D

Treze disse...

GiGi,

olha que não sei. A não ser que tenham trocado, porque continuo a ver muitos desencontros.
Uma das coisas que acho fantástico é a capacidade da mulher para continuar apaixonada e manter a vontade de romance com o parceiro após tanto tempo. Já raro são os homens que o fazem.

Treze disse...

Maria,

sabes o quanto a opinião de alguém como tu com as capacidades de escrita e análise é importante para mim. Estás a desmoralizar-me... :D

Treze disse...

João,

não tens que pedir desculpa porque não só o compreendi como não é confusão nenhuma.
Percebo perfeitamente o que dizes.
Acho que o melhor é mesmo dar-te o mail e a password e escreveres tu :D. Acho os 2 comentários que deixaste mais lúcidos e susceptiveis de passar a mensagem que eu...

GiGi disse...

É aí que entram as mudanças...

Não que tenham trocado, mas um está cada vez mais parecido com o outro, ainda que isto não seja tão perceptível a vários.

As mulheres gradualmente estão perdendo esta vontade de manter um relacionamento de muito tempo, pois, cada vez mais, estão descobrindo que podem ser tão "livres" quanto os homens no sentido de relacionar-se. Conheço muitos casais em que a mulher pôs o ponto final, estando há bastante tempo juntos ou não.

As diferenças ainda são marcantes, afinal um é movido a estrógeno e o outro a testosterona, grosso modo. Mas, os comportamentos estão cada vez mais parecidos, as mulheres estão cada vez mais "bravas", enquanto os homens estão cada vez mais "sentimentais", coisas que antes não aconteciam devido às imposições da cultura.

Bem, minha opinião baseia-se nas vivências e observações cotidianas. E julgo serem consequências da modernidade, uma mudança que necessita acontecer.

Beijos!

GiGi disse...

Hum... "Panisgas" (lol)... "Brutas"... Para muitos, faz sentido, sim! Pelo menos, por aqui...

Treze disse...

Gigi,

nesse aspecto sim, concordo, embora acredite que as mulheres não estão para compromissos longos por causa da falta de "comprometimento" dos homens e vêem que mais vale sós (e procurarem melhor) que passivamente acompanhadas.

Gingerbread Girl disse...

Tu desculpa lá!!... mas enquanto eu não me puser a falar de cremes para o cabelo e sapatos e bikinis e malas e manicures e whatever (como se fossem uma bênção dos deuses)... I refuse to accept the label "blogue de gaja"!!
I refuse!! :s
Isto partindo do inicio que estavas a ser irónico. *thinks*
Mas estavas... que eu já te conheço.
Bah! Os homens não me entendem... assim como as mulheres não te entendem! :D

Vai buscari!

kiss

João Cacelas disse...

Com certeza que te irás explicar muito bem às tuas leitoras (aos leitores acho que já está explicado.) :)

Treze disse...

Ginger,

precisamente ao dizer "é lá o teu um blogue..." é como se dissesse "Qual quê! Estás doida?! Alguma vez!" :D

Embrulha!

Treze disse...

João,

a ver vamos... É um público difícil ;)

Pronúncia disse...

Treze, digo sempre que a piada dos relacionamentos está mesmo é nas diferenças.

Já imaginaste a seca que seria se homens e mulheres fossem iguais.
Acabava a descoberta e tudo seria, mais ou menos previsível... dispenso!

Só um aparte, estou com a Ginger... tu tens a audácia de chamar ao meu blogue "de gaja"?! Olha que isso é um insulto...

Lá vou eu que ter que vestir a armadura e ir "à guerra"! :D

Gingerbread Girl disse...

Ai Treze Treze... =D
Que malvadez! =p

Amanhã ao por-do-sol... tu e eu... bring a gun!
This town is not big enough for both of us!
Toma!

p.s. thanks Menino, mas podes guardar a tua armadura... eu sou uma gaja desenrrascada. =p

*puxa da kalashnikov*

Treze disse...

Pornúncia e Ginger (é logo as duas...),

vocês são ou não são mulheres? :) Era isso que queria dizer (ai esta lingua portuguesa...). Não me estava a referir a esse tipo de blogues (perfumes, vernizes, maquilhagens and so on... - esta é para ti, Ginger :D).

Claro que acompanho o vosso blogue porque me suscita interesse e porque gosto da forma como o fazem :) (que tal me estou a safar?)

Treze disse...

Pronúncia,

eu por acaso utilizei as diferenças no sentido de haver "tanta" falta de compreensão (e antes de escrever isto reparei que não tenho isto no texto...).

E armaduras é tão Idade Média... :D

Treze disse...

Ginger,

qual é a piada da gun? Isso é intantâneo... Tem mais piada uma espada ou sei lá... Um baralho de cartas. Vai um "peixinho" ao pôr-do-sol? Pronúncia, que tal, alinhas também? :)

LBJ disse...

Opah, esta história da guerra dos sexos nesta altura doi-me e tenho razões inconfessáveis para sentir literalmente essa questão, por isso passo :)

Gingerbread Girl disse...

Safaste-te muito bem Treze... =D clap clap clap*

A gun tem piada... alguma vez viste um cowboy de espada? O.o
E depois...a gun não é assim tão instantânea se eu começar pelos joelhos.

muhahahahah

E agora vou ler o teu post novo.

Cólicença*

Pulha Garcia disse...

Caro Treze,

as mulheres são um ser fascinante, diverso e complexo. Em geral, tenho-as como seres superiores a nós. E sou um fã em quase tudo.

PS "creio até que houve um Sacana que também fez uma referência há uns tempos atrás - desculpa se estou a abusar..." não percebi se me estavas a piscar o olho...

Gingerbread Girl disse...

O Pulha é um gajo esperto. ^^

Pronúncia disse...

Vá lá redimiste-te! Vou ali tirar a armadura (raio que ela é pesada) e guardar as armas... ;)

Treze disse...

LBJ,

estás à vontade. Mi casa es tu casa :)

Treze disse...

Ginger,

nunca vi mas era capaz de ter estilo :)

Ó faxavôr!

PS: O Pulha disse mais acrescentou mais alguma coisa... ;)

Treze disse...

Pulha,

sem qualquer vergonha de o afirmar, sem dúvida!

PS: Lembro-me de um texto em que fizeste uma introdução com a parte final d' "O Segredo dos Homens" e do que complementavas com as tuas próprias palavras ;) (aí está a piscadela).

Treze disse...

Pronúncia,

ainda bem :) Nem eu seria capaz de ir para a guerra contra ti, só lado a lado ;)