"Fuck it" List

Parece que anda aí esta lista de "não-afazeres". Ou andava e vi recentemente.

É uma lista daquilo que nunca faremos na vida, ou para o qual temos plena convicção que não faremos.

Como eu até nem gosto nada disso, e como os meus nuncas são potenciais "nunca se sabe" e daí ao "sim, fiz" é um pequeno passo, não vou enunciar ou enumerar uma lista desse género porque não sou propriamente de ter certezas do que vem amanhã e porque é chato!

Claro que há coisas que nunca farei (mesmo!) e sei porque posso afirmá-lo - o que não interessa para aqui.
Já tantas coisas houve que nunca pensei ser capaz de fazer ou dizer, incluindo não me rever em determinadas situações e cair nelas estupidamente, que já não digo "Nunca!".
Felizmente a experiência serve para descobrir quem somos na realidade e para nos moldar e preparar para a próxima.

Apenas refiro esta lista porque de alguma forma me faz recordar - a parte do Fuck it, não a lista - um filme já há muito visto no cinema contendo 5 minutos que me deixaram boquiaberto e colado à cadeira pelo discurso poderoso.

Está no pódio das minhas cenas de filmes preferidas.




E já agora...

Que se fodam os políticos incompetentes, inúteis e egoístas que sentam o cú no Parlamento e vivem à custa do nosso trabalho árduo!
Que se foda todo este sistema de compadrios e palmadinhas nas costas em troca de favores "de mora"!
Que se fodam o Sócas e amigos, o Jorge e o Dias, o Durão, o Aníbal, o Jaime, o Mário e o filho, o Alberto João e toda essa escumalhada, a Manela, o Pedro Santana e o Paulinho dos submarinos!
Que se fodam o Major Valentim, o Isaltino, a Fátima e o Avelino!
Que se fodam todos quantos andaram a mamar desde que os dinheiros da UE começaram a entrar!
Que se fodam os gestores do BPN, do BCP e BPP!
Que se fodam os coitados que vivem de lucros astronómicos à nossa conta!
Que se fodam todos os que vivem de mão estendida e todos quantos vivem do Estado à mexilhão e lapa!
Que se fodam os sindicalistas de merda que vivem, não para o trabalhador, mas eles próprios!
Que se fodam os patrões que chulam os trabalhadores até ao tutano e os consideram a sua familia! Por privilegiarem os seus interesses em prol do colectivo!
Que se fodam todos os patrões que preferem mandar para a rua em vez de distribuir salários. E que se fodam os que ganham mais e não querem perder algum em detrimento de mandarem para a rua colegas!
Que se fodam os que não fazem nada e se dizem trabalhadores exemplares! E que se fodam os "faço o que posso"!
Que se fodam os responsáveis que vêem toda a merda acontecer à frente dos seus olhos e não são capazes de se impôr!
Que se foda o dilúvio que nunca mais aparece!

Que se foda toda esta gente?

Não - tal como no fim do video -, que me foda eu! Porque esses continuarão na redoma mágica onde só entram os chico-espertos...

NOTA: Este texto não se apoia em nada em qualquer espécie de sentimento de revolta (esta é para ti Ginger, que já estou à espera dessa :).
Aliás, nunca me encontrei tão "sóbrio". Ia ficar-me pelo texto até ao video. Depois para não haver mal-entendidos o resto saiu fluidamente...

Peço desculpa pela (nada habitual) linguagem grosseira e sem nível. Para todas as regras existe a excepção. Esta é a minha excepção.

Bom fim-de-semana.

PS: Que se fodam mesmo todos eles! Porque não?

10 comentários:

Gingerbread Girl disse...

Aparte o teu texto... que está muito bom, como de costume... QUE FILME É ESTE??? :o

E porque é que eu nunca ouvi falar dele?? :o
Vou tratar de o ver ASAP!! Tenho a certeza que vou AMAR!! =')
O discurso fez-me lembrar o Fight Club, mas de uma forma muito mais agressiva.

Thank YOU!*


kiss*

Gingerbread Girl disse...

E como é que eu pude saltar a parte que a mim dizia respeito?? :o

Treze... tu até podes estar muito sóbrio e calmo e whatever... mas sentimento de revolta está lá. ;)

Uma revolta não tem de ser intempestiva ou descontrolada...

E gosto destes teus textos de "insatisfação"... leio-os a um ritmo rápido que me contagia. Não sei... gosto e pronto.

kiss*

Treze disse...

Esta é a melhor forma de te responder :) É um copy/paste de parte do meu comentário ao teu post sobre o Fight Club:

«PS: Não tem nada a ver, mas fez-me recordar o monólogo dele no "25th Hour" frente ao espelho.»

"A Última Hora" é o título em português.

johnny disse...

Esta é, sem dúvida, uma lista que não quero fazer. A cena do "a última hora" é mesmo das melhores cenas de filmes, como aliás a cena do "Beleza americana" não aquela que está ali ao canto, mas, no meu entender, a cena do fim (que também está disponível no youtube)

johnny disse...

E esqueci-me de nomear aquela cena ali em baixo, com os coelhinhos, como, também, uma das melhores.

Gingerbread Girl disse...

Treze, my bad... :$ Lembro-me perfeitamente de teres mencionado outro filme... era para ir pesquisar, mas depois "passou-me". :|

De qualquer das formas... guess what?... já o tenho aqui para ver. *santinha*


*

ipsis verbis disse...

Excelente monólogo em frente ao espelho da casa-de-banho. (ainda hoje, quando vejo o filme, fico com pele de galinha)

Treze disse...

Johnny,

a cena que referes também é uma das tais.

A do canto tem outra conotação (específica).

Treze disse...

Ginger,

espero que gostes :)

Treze disse...

ipsis verbis,

já vi o filme há sei lá quanto tempo e continua a ser uma cena que ficou até agora (como se comprova pelo post).