Só mais uma...

... Excepção linguística.

Prometo que até ao fim do ano não utilizarei mais linguagem de baixo nível, a não ser que o impropério - seja qual for - seja MESMO exigível.

A excepção linguística está presente na reacção que tive quando me deparei com tal facto ("por falar em merda..."), a meu ver vergonhoso, bem pragmático daquilo que temos hoje em dia.

"Apoiamo-lo por ser português", não é?
Então toma lá o patriotismo! Mais uma tirada brilhante, Sócas!

Fiquem com o site do José (antigo Durão) Barroso e descubram o que está - pelo menos na minha modesta opinião - em falta.

Agora sim, um óptimo fim-de-semana. Aproveitem e esqueçam, ainda que por 3 dias, quem nos governa... O sol está a ajudar.

8 comentários:

Pronúncia disse...

Treze, Treze, não faças promessas que não possas cumprir!

Até ao fim do ano, não sei porquê, mas acho que vamos ter muita vontade e oportunidade para usar essas coisas ;)

Bom fim de semana (mesmo que seja a trabalhar) ;)

João Cacelas disse...

Ah pois é. Todo patriota e o catano para um tipo que nem sequer a língua portuguesa divulga no seu website. Está bem que provavelmente os gajos que conceberam o site não devem ter sequer pensado no português mas se o Zé Manel fosse um português às direitas tinha batido o pé e exigido a presença da sua língua do seu país.

Treze disse...

Pronúncia,

e prometer TENTAR não escrever? Pode ser? :)

Treze disse...

João,

são os patriotas que temos.

Se calhar o site foi feito por polacos...

Pronúncia disse...

Isso já não seria uma promessa, mas antes uma tentativa ;)

Treze disse...

Pronuncia,

prometi porque é uma forma de me obrigar a não fazer algo que destesto que é usar aquele tipo de linguagem.

Veremos se serei capaz de aguentar...

LBJ disse...

Epah eu nunca tive problema em usar linguagem de baixo nível, até porque muitas vezes até sobe o nível da conversa mas por estar na tua casa não vou dizer o que me apetece, que era atão este Zé Manel, mais conhecido lá em casa e sobretudo nos entreténs íntimos com a legitima como o cherne, esquecesse da sua origem, F”#%/(-se que grande C/$%/$.

Treze disse...

LBJ,

antes de mais: Bem-vindo.

Estás nesta minha "casa" como estás na tua, ou seja, estás à vontade :)