Assaltante simpático?

Estava ontem a "embrulhar" a refeição quando chegou um senhor ao refeitório que, pelos vistos, tinha sido assaltado no dia anterior. Soube-o porque as notícias ali espalham-se que nem peste negra - embora não tenha chegado até mim até àquela altura - e outro que estava a comer meteu conversa:

H: "Olá C! Ouvi dizer que foste assaltado..."
C: "É verdade. Foi ontem à noite quando saí."

Blá, blá, blá, até que...

C: "Mas o gajo era simpático, bem-educado..." (Isto é verdade, podia mas não estou a inventar isto, ele proferiu precisamente estas palavras!)

E aí parei de escutar. Desliguei por completo ao mesmo tempo que parti para o imaginário da hipotética conversa do senhor ladrão.

Terá sido algo assim?

Senhor ladrão:
"Boa noite. Desculpe importunar a sua marcha, senhor, mas venho por este meio destituí-lo de quaisquer objectos valiosos que estejam dentro dos meus padrões de satisfação e interesse em troca de uma certa angústia e algum ressentimento da sua parte para com a minha pessoa, precisamente por desapossá-lo de objectos porventura pessoais e que lhe serão queridos.
Espero que não leve a mal esta minha intervenção nocturna. E desculpe lá qualquer coisa.
E já agora, boa sorte para o Porto amanhã. Não sei se o seu clube é o Porto mas como somos todos compatriotas, remamos todos no mesmo sentido, não é?
Então boa noite, sim? Bem haja!"

3 comentários:

ipsis verbis disse...

Por acaso já me aconteceu ter sido assaltada e o próprio assaltante, (que me levou a nota de 20 euros) me ter dado uma dele, de 10, para eu poder então chamar um táxi. Pelos vistos, a boa-educação nestes casos, está a tornar-se geral. Ahahaha

Treze disse...

Afinal sempre os há... :D

João Cacelas disse...

Eu já fui assaltado por um que não foi muito bem-educado mas é bom saber que ainda há ladrões gentis.
http://tenho-um-blogue.blogs.sapo.pt/