Factos parvos do dia

(Porque sim e porque me apetece. Este espaço é meu e faço dele o que bem entender. Menos preenchê-lo de cor-de-rosa. Isso é que não!).

Facto nº1
“Se o primeiro-ministro de Portugal tem legitimidade para ser primeiro-ministro é porque ele é, antes de mais, secretário-geral de um partido e é fundamental para a política interna o facto de ele se reafirmar como secretário-geral de um partido e ter o partido reunido à sua volta".
"Se há alguém que pensa o contrário eu acho que tem uma visão muito paroquial e provinciana do que é a política".
Teixeira dos Santos, acerca da ausência de Sócrates da cimeira de lideres (e estavam lá todos) da UE.

Isto leva-me logo para a maior parvoíce possivel e imaginária.
Ora e que tal deixar de pagar impostos a partir de amanhã? Sim, porque antes de ser cidadão português prestador de contas sou uma pessoa e tenho que zelar pelos meus interesses. (E aproveitando o aniversário de Darwin...) E antes de ser uma pessoa fui um macaco. E que eu saiba, os macacos não pagam impostos... As bananas sim, mas os simpáticos símios não.

Claro que o Xeirinha (como gosto de o tratar) justificou a visão cosmopolita dos seus brilhantes e ilustres camaradas com um também brilhante “há que ter consciência que o congresso do PS foi marcado já há muito tempo, enquanto a reunião de hoje foi convocada pela presidência checa da UE um pouco em cima da hora e coincidiu com esse congresso"

Ah bom! Assim está bem! Peço imensa desculpa pela parvoíce lá em cima.
Ou talvez não peça. Porque este estaminé é meu. E não, não sou o típico que critica ou se escandaliza com tudo o que mexe. Simplesmente acho que mais valia serem sinceros e deixarem-se de justificações de crianças de 6 anos.

Facto nº2
Robert Mugabe festejou o seu 85º aniversário com um bolo de 85 kg (!!).
Aquele que foi considerado o celeiro da África austral será agora por certo apelidado de Pastelaria da África Austral. O que, à semelhança de expropriar os agricultores brancos com conhecimentos em agricultura para entregar as suas terras a pessoas sem a mínima capacidade ou conhecimento, é um perfeito disparate. Toda a gente sabe que em África só faz calor. E montar uma pastelaria por lá não sei se será a melhor política...

Agora fora de brincadeiras e de insensibilidades, isto só podia ser complementado por uma pérola de péssimo gosto. E aí vai ela, à responsabilidade do sobrinho do aniversariante, Patrick Zhuwawo: "Penso que vai ser um grande dia para a lenda e ícone cujo aniversário estamos a celebrar. O país pode estar com problemas *(só a título de exemplo, a taxa de desemprego ronda os 95%)* mas precisamos de ter um dia para honrar os sacrifícios que o Presidente fez por este país".
Presumo que, quando fala em sacrifício, esteja a referir-se ao sacrifício de ter que comer tanto bolo...

Será que o Zimbabwe não tem petróleo ou armas nucleares...?

E como nem tudo tem que ser parvo como o dia de chuva que se montou hoje, e como já tenho saudades do Verão e de andar de calções e t-shirt, aqui fica mais uma música, a ver se eleva o espírito da malta.




DD

2 comentários:

Gingerbread Girl disse...

Bolas!
Ia queimando o jantar por causa do teu blog! :s

Tinha tantos posts em atraso. :x

Anyways... gosto de ver uma pessoa informada com este género de actualidades. *.*



*

DD disse...

Tens que arranjar um portatél... :D