O regresso do que nunca partiu

Eis-me de volta.
Já que perguntam, a semana foi óptima. Podia ser ainda melhor, mas isso são outras questões.
Antes de mais, tenho que agradecer às pessoas que andaram a fazer figas por mim:
- Lés, adorei o post. Agradeço-te imenso pelo gesto. E agradecer-te-ei mais no post seguinte.
- Gingerbread Girl, muito obrigado. Tudo de bom para ti. E muita felicidade. No caso, muito chocolate...
- Outras pessoas que eu possa sentir que o fizeram, o meu genuíno agradecimento.

Andei esta semana completamente alheado do mundo. Tal nunca tinha acontecido. Foi óptimo! Até porque andei aos cheesecakes de framboesa e tartes de maçã nos intervalos...

Parece que perdi o regresso da ditadura e da dita censura. Já muita tinta correu, para ambos os lados, portanto eu não o farei. Até porque não me ocorre nada de jeito para o efeito. E isto é um lugar sério.

Perdi (e estou a ler neste preciso momento) a multa aplicada ao administrador da Bragaparques por tentativa de suborno (de 200 mil €), no valor de 5 mil € (bonito, meus senhores). E foi esta a “multa” porque, ao que consta, foi por tentativa e não foi consomada (??...). Vamos lá corromper aí a malta! Até sai barato. E sempre são 15 minutos de fama (os quais nunca tive).

Perdi também o “Prós e Contras”, que, segundo li pelas crónicas, foi um lindo espectáculo. Ah grande povo! Pa trás é qué caminho!

E claro, perdi esse grande evento que foi a estreia do TVI24. Não sei porquê, mas algo me diz que o vou perder por muito e muito tempo.

E sendo assim, parece que não perdi nada de jeito ou decente. Para a semana o que será? Aceitam-se apostas.

Aconteceu que hoje, antes de sair de casa, procurei desesperadamente, por todas as divisões da casa, as chaves do carro. Claro que só depois desta roda viva, reparei que afinal as chaves estavam... Na minha mão. Na mão! Não nos bolsos, mas sim na mão. Direita (sim, porque parece que agora andam a inclinar-se para a esquerda e eu tenho que ser do contra).
E porque conto esta curiosidade completamente sem interesse? Porque também perdi nesta semana a interessante noticia de um estudo de um grupo de cientistas (suecos, creio) que concluiu que trabalhar mais que 55h semanais pode provocar demência. Com demência, referem-se a perdas de memória, de concentração, de raciocínio e por aí fora...
Ora, nem por curiosidade! Foi precisamente na semana em que trabalhei mais que 55h. I’m a science victim.

Afinal sempre perdi alguma coisa decente. Apenas algumas capacidades cerebrais. Digo eu...

E é assim, cansado e (não) derrotado deixo-vos uma musicazinha para acompanharem com um cházinho de menta e umas bolachas de mirtilo. A última música que ouvi antes de desligar el coche.



Diz que a senhora tem uma bela voz...

Have a nice day.


DD

1 comentário:

Gingerbread Girl disse...

Heish DD... obrigada. Sinto-me honrada. =|

Vai lá descansar um bocadinho... recarregar baterias... But don't you worrie, mesmo que fiques semi-demente, nós vamos gostar de ti à mesma. =D

Quanto à musica... linda mesmo. É triste. Combina com este dia cinzento e de chuva... fiquei um bocadinho down também por causa da musica. :s Isto já passa.


P.S. Chocolate NÃO!! Tou de dieta DD... DE DIETAAAAAA!! ='(
Porque é que achas que eu preciso dos coentros?|? É para as saladinhas DD... PARA AS SALADINHAS!!

beijooooo*